WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

Macabro: Após morrer esfaqueada em briga de bar, mulher tem corpo “furtado” pelo ex, um policial militar

Rosilei Potronieli foi ferida a facadas no abdômen após discussão com um homem em um bar, no último sábado (9). Suspeito do furto do corpo havia mantido relacionamento com ela.

Um dos suspeitos de furtar o corpo de Rosilei Potronieli, de 37 anos, do cemitério de Dois Irmãos do Buriti, a 88 quilômetros de Campo Grande, se apresentou à Polícia Civil no fim da tarde de quinta-feira (14). Ele confessou que ajudou a tirar o cadáver da cova e indicou onde estava. Os policiais esperam agora a apresentação do outro envolvido. O corpo estava enterrado em uma área de chácaras próxima à área urbana da capital sul-mato-grossense, segundo informações da delegada Nelly Macedo. Conforme ela, o homem que se apresentou não é o considerado obcecado pela mulher.

Resultado de imagem para Rosilei Potronieli

Este é um policial militar de 57 anos que até a publicação desta reportagem não tinha se apresentado. O homem que confessou participação no furto do corpo prestou depoimento e foi liberado. Rosilei foi ferida a facadas no abdômen após discussão com um homem em um bar do município de Terenos, a 23 km de Campo Grande, na noite de sábado (9). Ela chegou a ser socorrida, porém, devido a gravidades dos ferimentos, foi encaminhada para a Santa Casa e lá morreu na madrugada de domingo (10). Um trabalhador rural de 38 anos se apresentou à polícia quarta-feira (13) e confessou ter esfaqueado a mulher. Rosilei foi enterrada na segunda (11). No outro dia, o coveiro responsável pelo local verificou que a cova estava aberta e informou à polícia.

Resultado de imagem para Rosilei Potronieli

Corpo encontrado

A Polícia Civil encontrou no fim da tarde desta quinta-feira (14) em Campo Grande o corpo de Rosilei Potronieli, de 37 anos, que havia sido furtado do cemitério de Dois Irmãos do Buriti, a 83 quilômetros de Campo Grande, na última terça-feira (12). Um homem que apontou o local do corpo da vítima foi preso. Rosilei estava enterrada em uma chácara de difícil acesso, perto do aeroporto Santa Maria, na saída para Três Lagoas. Militares do bombeiros fizeram a retirada da vítima da cova. Ela estava apenas com as roupas íntimas.

Resultado de imagem para Rosilei Potronieli

A polícia não informou se o homem preso hoje é o ex-namorado de Rosilei, que, segundo testemunhas, sempre foi obcecado pela vítima. O caso está sendo registrado na DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios). De acordo com a delegada Nelly Gomes dos Santos Macedo, responsável pelo caso, mais detalhes sobre a investigação só serão divulgados na manhã dessa sexta-feira (15), em coletiva de imprensa em Dois Irmãos do Buriti.

Assassinato

Câmera de segurança, instalada em frente ao bar onde houve a confusão que terminou com Rosilei Potronieli, de 37 anos, sem vida, gravou minutos antes e o momento que a mulher foi esfaqueada por Adailso Couto, 38. A investigação do homicídio tomou outros contornos quando o corpo da vítima foi furtado cemitério de Dois Irmãos do Buriti, dois dias depois do crime. O equipamento vigia o cartório de Terenos – cidade a 25 km de Campo Grande. As imagens, as quais o Campo Grande News teve acesso com exclusividade, dizem muito sobre o que aconteceu naquela noite de sábado, dia 9 de fevereiro. O conteúdo também já foi analisado pelo delegado que investiga o assassinato, André Luiz Mendonça. Para ele, a gravação contradiz alguns pontos da versão de Adaliso sobre o ocorrido.

No canto esquerdo da imagem, sombra na parede foi filmada e mostra momento do esfaqueamento de Rosilei (Foto: Reprodução)

Resultado de imagem para Rosilei Potronieli

Resultado de imagem para Rosilei Potronieli

Resultado de imagem para Rosilei Potronieli

Comentários estão fechados.