WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

Horror: Engenheiro flagra a esposa com amante, mata os dois e comete suicídio. Imagens fortes

Casal tinha dois filhos, um de cinco anos e outro de oito; Albério Magalhães era ex-marido de uma prima de Luciene Mayer, 33 anos, sua suposta amante.

Na tarde de ontem, 14, o engenheiro Vinícius Seabra Cordeiro, 41 anos, flagrou a mulher, Luciene Mayer, 33, e o suposto amante dela, Albério Magalhães Rêgo, 34, dentro de um automóvel, matou os dois a tiros e depois se matou atirando na cabeça. O caso aconteceu por volta das 17h na Rua Rondônia, no bairro dos Estados. Uma equipe do Choque que integra o Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionada. No local, os policiais se depararam com os três corpos. Uma testemunha contou ter visto o momento em que o casal chegou em veículos separados, pediu uma cerveja e em seguida saiu no carro de Albério, uma picape Volkswagem Saveiro.

CLIQUE AQUI, imagens fortes.

“Logo em seguida, o autor dos disparos chegou de carona em outro veículo e aguardou o retorno do casal. Assim que os dois chegaram, ele saiu em disparada para abordar o veículo, começou a efetuar os disparos e depois praticou o suicídio”, disse o comandante da equipe. O dono do estabelecimento comercial atendeu o casal e o autor dos disparos. O Bope não soube informar quantos tiros foram disparados, no entanto, no corpo de Albério, que estava nu, eram perceptíveis as perfurações no tronco. O engenheiro atirou enquanto as vítimas estavam com os vidros da picape fechados.

Crime foi na rua Rondônia, no bairro dos Estados, zona Norte â?? Foto: Laudinei Sampaio/Rede Amazônica Roraima

A testemunha relatou aos policiais que Luciene chegou ao ponto de encontro com Albério em um carro Volkswagem Golf. Depois que área foi isolada, muitos curiosos chegaram ao local e o trânsito ficou lento nas vias que dão acesso ao bairro. Os familiares das vítimas entraram em estado de choque depois que as identidades foram confirmadas pela polícia. A Perícia Criminal e de Identificação realizaram todos os procedimentos técnicos antes dos corpos serem removidos pelo rabecão do Instituto de Medicina Legal (IML) para serem submetidos ao exame cadavérico. A Folha apurou que em novembro do ano passado, Vinícius foi a Brasília para fazer uma defesa do projeto de reforma da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), uma vez que estava na função de engenheiro da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) e aproveitou a viagem ao Distrito Federal para fazer um curso. Naquela ocasião, segundo informações, ele recebeu uma fotografia de Luciene e Albério juntos.

Ele teria ligado para a mulher e feito ameaças de que mataria os dois. Ao retornar para Boa Vista, os amigos revelaram que conseguiram acalmar Vinícius, apesar de terem ficado bastante preocupados. Em um jantar de família e amigos, Luciene foi questionada sobre o episódio e declarou que ela e o marido estavam bem no relacionamento. Luciene estava fazendo um curso de gastronomia e vendia pães recheados. Ontem, Vinícius teria perguntado aos colegas de trabalho quem gostaria de encomendar pães que ficariam prontos à tarde. O engenheiro saiu da Seinf ao meio-dia e não retornou. A reportagem confirmou que Albério é ex-marido de uma prima de Luciene, por isso se conheciam há algum tempo. Um colega de trabalho do engenheiro compartilhou que nos últimos dias eles haviam conversado sobre o fim do relacionamento com Luciene e orientou Vinícius a procurar uma igreja para fugir dos sentimentos que causassem perturbação. O casal tinha dois filhos, um de cinco anos e outro de oito. O caso será investigado pela Delegacia-Geral de Homicídios. (DGH).

Amantes já haviam sido flagrados em Novembro de 2018

A tarde desta quinta-feira, 14, foi marcada por mais um homicídio com características de crime passional, ocorrido próximo a um um bar situado na rua Rondônia, no bairro dos Estados. As vítimas foram identificadas pelos nomes de Albério Rego Magalhães e Luciene Mayer. O terceiro envolvido no caso, Vinícius Seabra Cordeiro, acabou cometendo suicídio após o duplo homicídio. Amigos das vítimas que não quiseram sua identidade revelada afirmaram que o casal não estava separado, mas que em novembro do ano passado, quando Vinícius estava fazendo um curso pela Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) em Brasília, teria recebido fotos de Luciene e Albério juntos.

Luciene e Albério foram assassinados por Vinícius dentro de uma picape; crime foi próximo a uma distribuidora no bairro dos Estados â?? Foto: Alan Chaves/G1 RR

Na ocasião ele teria ficado transtornado, o que deixou os amigos preocupados com Luciene. Mas dias depois o casal já estava bem e que quando uma amiga perguntou como eles estavam, Luciene teria respondido que tudo já estava resolvido. O casal teria viajado durante as festas de final de ano, uma vez que nem a família dele e nem a mãe dela moram em Boa Vista. Segundo alguns colegas de trabalho, Vinícius era calmo e que hoje estaria recebendo algumas encomendas para pães recheados, que eram produzidos pela “Pães da Chef Lu”, empresa de Luciene, que cursava gastronomia. Os colegas relataram ainda que o engenheiro saiu da secretaria antes do meio dia e não teria voltado no período da tarde. A outra vítima era o empresário da construção civil Albério Magalhães, que também era casado e tinha um filho com uma ex-mulher, prima de Luciene. Luciene e Vinícius deixam dois filhos pequenos.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, céu, montanha, oceano, atividades ao ar livre, natureza e água

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, close-up

Comentários estão fechados.